Sila Crvs A.O.A

Soneto

Alegrai-vos ó Chefe esclarecido
Pois que extinta está a cruel guerra:
Já respira alegria toda a terra,
Já se esquece do que tem padecido.

Aniversário do Porto, o terceiro membro e a reforma do nosso significado

Por mais que tentássemos não nos prender a rótulos, identidades e questões afins, achávamos que nosso som deveria soar “assim”, tal como estava naqueles primeiros vídeos, nossa fase “Lo-fi”.

Mistério do Mar

Jangadeiro jangadeiro
Que fazes cantando assim,
Embalado pelas vagas
No seio do mar sem fim?

Como chegamos ao Porto Iracema

Sejam bem-vindos à página do projeto Sila-Crvs A.O.A. no blog do Porto Iracema das Artes. No mês de agosto, com a criação deste ciberespaço, iniciamos o nosso “diário de bordo”, que conterá os nossos relatos durante o processo de criação musical na instituição.

As navalhas

As navalhas estão abertas sobre o fígado. Elas acusam o pescoço dos loucos e dos amantes.

O duo Isaac Omar e Alvaro Ximenes inspira-se em elementos esotéricos, ocultistas e transes rituais para suas experimentações sonoras a partir de manipulações de theremin (instrumento inventado pelo russo León Theremin) e programações eletrônicas. Sua pesquisa alia-se a performances audiovisuais conduzidas pelo que chamam de “poesia canônica cearense”. Sila-Crvs A.O.A é um anagrama do primeiro nome dos artistas. 

ARTISTAS PESQUISADORES

Alvaro Ximenes

25 anos, estudante e produtor musical desde 2008 com o projeto Dead in DUMP, com qual foi participante na categoria Hipersônica no Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – FILE 2011.

 

Isaac Omar

27 anos, thereminista desde 2013, tocando discretamente em seções particulares para amigos seletos e alguns sarais secretos.

 

Gabriel Farias

22 anos, é produtor artístico-musical, DJ e vídeo performer. Discoteca desde 2011 e em 2016 assumiu a produção musical da Banda Glamourings.

 

Tutor

Chico Dub

Curador, produtor cultural e diretor artístico com foco em música experimental, vanguarda e arte sonora. Idealizador e curador do Novas Frequências, festival iniciado em 2011 e que foi finalista do Prêmio Bravo! 2016 na categoria “Melhor Evento do Ano”. Único brasileiro da rede ICAS, network internacional que reúne mais de 40 festivais de música e sons avançados. É um dos apresentadores do programa de rádio de Portugal Ginga Beat (Vodafone FM/ Red Bull Radio). Em 2016 assinou a curadoria da exposição de sound art brasileira Gambiarra Sonora no centro cultural alemão Festspielhaus Hellerau, em Dresden.

Lab. de Artes Visuais

  • 051/Grande Circular
  • Isolamento Compulsório
  • Novas Abordagens Perceptivas do Real
  • Sonho causado pelo voo de uma abelha ao redor de uma romã, um segundo antes de acordar

Lab. de Audiovisual

  • Ocre
  • Estrada Aberta
  • Tempo de matar cachorro
  • Telma
  • Perdido
  • 7 CAIXAS

Lab. de Dança

  • 233 A, 720 Khalos
  • Afrontamento
  • Afrontamento
  • Corpos Embarcados

Lab. de Música

  • Sila Crvs A.O.A
  • Iracema Som Sistema
  • Ode ao Mar Atlântico
  • Orquestra Popular do Nordeste

Lab. de Teatro

  • Caldeirão de água no deserto – realidades e utopias?.
  • DESPEJADAS
  • Nossos Mortos
  • O retorno a Juberlano