Mulher
Negra
Animal
Não fala, não come
morre
BANAL
Dos filhos de rua
Mãe preta, mãezinha
“É QUASE DA FAMÍLIA”
No leito a vida deixa
É de manhã, outro dia
Era para ser poesia, e não realidade, era para ser poesia, e não estatística.
Processo, encontros, desencontros, confusão são alguns dos disparos e afetos despejados no meu corpo cansado, há tempos calado, morto e estuprado. Quem dera fosse só um corpo, era corpo e não EU, peça ou pedaço e não eu.
Em todos os encontros temos mergulhado mais nas subjetividades e singularidades do ser
mulher, com a relação de troca criada entre as companheiras do projeto, não consigo definir ou descrever, seria injusto. Cada uma com suas particularidades, as relações com a cidade, bagagens, cheiros, humor e história de vida tem fortalecido a cada dia nosso projeto. Qual cidade habitamos? Será a mesma para todas?

Foto: Jailson Silva

Partimos de dúvidas, questionamentos que tencionam a relação cidade X mulher, intenso
seria pouco para descrever a potência que o trabalho tem reverberado em Nóis, estamos
reconhecendo nossa história e “heroínas”, construção e desconstrução. Somos mulheres,
como tantas outras aqui e agora, sobrevivendo o retrocesso do país. Somos tantas, quando e até quando quisermos ser, nos enxergarmos, tocar e nos fortalecer nas mulheres que enfrentaram o mundo e fizeram história, mas também nas anônimas, que são esquecidas, preteridas e deixadas à margem todo tempo de suas vidas.

Foto: Jailson Silva

Todas as atividades propostas pelo Porto tem sido enriquecedora por termos a oportunidade de escambar com outras pessoas de outras linguagens, que pesquisam um tema parecido, no cinema, na dança, nas artes visuais. No LabX nos surpreendemos com tantos projetos que se encaixavam ou somavam com o nosso. Trocamos contato e em breve vivências. Essa é a hora de aprofundar a pesquisa, tecer novos conhecimentos, se implicar.
por Amanda Freire

Lab. de Artes Visuais

  • 051/Grande Circular
  • Isolamento Compulsório
  • Novas Abordagens Perceptivas do Real
  • Sonho causado pelo voo de uma abelha ao redor de uma romã, um segundo antes de acordar

Lab. de Audiovisual

  • Ocre
  • Estrada Aberta
  • Tempo de matar cachorro
  • Telma
  • Perdido
  • 7 CAIXAS

Lab. de Dança

  • 233 A, 720 Khalos
  • Afrontamento
  • Afrontamento
  • Corpos Embarcados

Lab. de Música

  • Sila Crvs A.O.A
  • Iracema Som Sistema
  • Ode ao Mar Atlântico
  • Orquestra Popular do Nordeste

Lab. de Teatro

  • Caldeirão de água no deserto – realidades e utopias?.
  • DESPEJADAS
  • Nossos Mortos
  • O retorno a Juberlano