Sobrenatural

São Pedro sai de jangada com seus pescadores. O céu está limpo. Azul com nuvens brancas. Luz. Na volta do seu passeio, São Pedro trás consigo o céu acinzentado com nuvens carregadas de esperança. Ao entrar em seu lar, ou no lar em que os homens o guardam e fazem suas preces, São Pedro libera a agua cheirosa do céu, molhando de esperança e fé seus fiéis.

 

Para onde foram as velas dançantes?

Que caminho percorreu a nau?

Seria possível encontrar algum porto para essa história?

Ah… Mucuripe…

Mucuripe e seus mistérios.

 

Circe Macena.

Lab. de Artes Visuais

  • 051/Grande Circular
  • Isolamento Compulsório
  • Novas Abordagens Perceptivas do Real
  • Sonho causado pelo voo de uma abelha ao redor de uma romã, um segundo antes de acordar

Lab. de Audiovisual

  • Ocre
  • Estrada Aberta
  • Tempo de matar cachorro
  • Telma
  • Perdido
  • 7 CAIXAS

Lab. de Dança

  • 233 A, 720 Khalos
  • Afrontamento
  • Afrontamento
  • Corpos Embarcados

Lab. de Música

  • Sila Crvs A.O.A
  • Iracema Som Sistema
  • Ode ao Mar Atlântico
  • Orquestra Popular do Nordeste

Lab. de Teatro

  • Caldeirão de água no deserto – realidades e utopias?.
  • DESPEJADAS
  • Nossos Mortos
  • O retorno a Juberlano