Em junho organizamos nosso material e começamos o desenvolvimento da dramaturgia com Angela Linhares.

Lemos ao longo do mês novamente as versões de Antígona: a tradução de Friederich Hölderlin, de 1803; a Antigone (1942), escrita por Jean Anouilh; a Antígona, de Sófocles (1948), de B. Brecht; o Romanceiro de Antígona, de H. Haydt de S. Mello (1995) e o monólogo Antígona (1999) do grupo peruano Yuyachkani, com dramaturgia de José Watanabe. Começamos a leitura do livro de Gilson Mota: O espaço da tragédia na cenografia brasileira.

Encontros com colaboradores

Encontro para leitura do texto com Angela Linhares no dia 23 de junho, na Casa da Esquina. Encontro com Diogo Costa, Marina de Botas, Diogo Costa, Frederico Teixeira e Consiglia Latorre (Skype) para apresentação do projeto e agenda.

por Fran Teixeira

Lab. de Artes Visuais

  • 051/Grande Circular
  • Isolamento Compulsório
  • Novas Abordagens Perceptivas do Real
  • Sonho causado pelo voo de uma abelha ao redor de uma romã, um segundo antes de acordar

Lab. de Audiovisual

  • Ocre
  • Estrada Aberta
  • Tempo de matar cachorro
  • Telma
  • Perdido
  • 7 CAIXAS

Lab. de Dança

  • 233 A, 720 Khalos
  • Afrontamento
  • Afrontamento
  • Corpos Embarcados

Lab. de Música

  • Sila Crvs A.O.A
  • Iracema Som Sistema
  • Ode ao Mar Atlântico
  • Orquestra Popular do Nordeste

Lab. de Teatro

  • Caldeirão de água no deserto – realidades e utopias?.
  • DESPEJADAS
  • Nossos Mortos
  • O retorno a Juberlano