Chego no Teatro das Marias por volta das 14h, faço o de praxe: limpo a cozinha, alimento os gatos e limpo as caixinhas, varro o salão, limpo os banheiros, e me coloco em estado de processo.

Esse estado de processo hoje seráescrever e ler, tenho muitas dores na bacia, e sei, sera difícil me mexer. Mas minha mente dispersa muito aqui diante do computador. Em um minuto percorro vários países e assuntos…. a “val hyperlink”, um perigo.Mas acho que quero mergulhar nesse estado de raiva, stress ou falta de paciencia que me encontro.Acho tudo, mas tudo mesmo, se transforma em um território nao confiável. isso é ruim, ja entro nesse estado de corpo defensivo, onde qualquer coisa ou qualquer um quer tirar vantagem de mim, sabe?Sei que tenho um estado de corpo pra processos políticos e errados”de impulso quase mortífero, kkkkk tenho vontade de exterminar o caso, o assunto, a pessoa…. perigoso.

Hoje fiquei pocessa lá em casa: uma bolsinha de maquiagem que comprei fora, pra que eu coloque na bolsa somente com alguns produtos e tals, pois bem, alguém a tirou de mim, e começou a usar sem me pedir, fiquei com muita raiva e essa raiva vem junto com um estado de tristeza, de questionamentos do tipo: porque fazer comigo, se NUNCA faria isso com absolutamente ninguém? Sei do quanto me machuca essa “invasão”de território, mesmo que seja por alguém que tenho total intimidade e amor. Enfim….Será esse estado de expectativa dessa obra que me leva a esse stress? Estarei eu num lugar novo? Outro estado permanente é o de que o mundo mente, as pessoas mentem, e eu? Acredito? Mas sei que minto, e em especial em relação a mim, aos meus sentimentos…. que loucura.
mas por que estou falando isso?

Talvez se eu for pro corpo, começar esse processo trabalhando o corpo e deparando com minhas dores e limites, ache de fato, o caminho pra esse começo.

Pausa……..

Val Pinheiro

 

Lab. de Artes Visuais

  • 051/Grande Circular
  • Isolamento Compulsório
  • Novas Abordagens Perceptivas do Real
  • Sonho causado pelo voo de uma abelha ao redor de uma romã, um segundo antes de acordar

Lab. de Audiovisual

  • Ocre
  • Estrada Aberta
  • Tempo de matar cachorro
  • Telma
  • Perdido
  • 7 CAIXAS

Lab. de Dança

  • 233 A, 720 Khalos
  • Afrontamento
  • Afrontamento
  • Corpos Embarcados

Lab. de Música

  • Sila Crvs A.O.A
  • Iracema Som Sistema
  • Ode ao Mar Atlântico
  • Orquestra Popular do Nordeste

Lab. de Teatro

  • Caldeirão de água no deserto – realidades e utopias?.
  • DESPEJADAS
  • Nossos Mortos
  • O retorno a Juberlano